Por Onde Anda: Michele Carvalho

O jornalismo era a única opção de faculdade para ela. “Desde a época de escola, meu sonho sempre foi ser repórter, ter a possibilidade de conhecer outras vivências e dar voz a elas”.

Michele Carvalho, 23, nasceu em Ouro Branco, município localizado a cerca de 119 km de São João del-Rei, e ingressou no curso de Jornalismo da UFSJ em 2013.

Em seu período de graduação, a então estudante teve muitas experiências profissionais tanto dentro da universidade, quanto fora dela – oportunidades que ela considera de extrema importância para a sua formação: “Na UFSJ, fui responsável pela gestão de conteúdo do site do Jornalismo/UFSJ e também participei por dois anos e meio da empresa júnior do curso, uma das minhas experiências mais longas. Lá, por exemplo, utilizávamos a ferramenta Trello, uma espécie de gerenciador de tarefas, que hoje, utilizo diariamente no meu trabalho”. Já fora das dependências universitárias, ela relembra que chegou a realizar alguns estágios: “Atuei na Rádio Vertentes, na Prefeitura Municipal da minha cidade e no campus do Instituto Federal de Minas Gerais, também da minha cidade”.

Durante o curso, Michele, que sempre teve interesse pelo telejornalismo – área que a “fascina até hoje” –, compreendeu que no jornalismo “as possibilidades são muitas e basta você se aperfeiçoar”. “O diferencial, hoje, para o mercado é saber um pouco sobre todas as áreas de atuação do jornalista”, afirma.

Michele se formou em 2017. E, após uma breve passagem por uma outra agência de marketing, a jornalista, atualmente, é contratada da Black 12: agência que, segundo o seu site institucional, atua no planejamento e execução de ações de design, comunicação e marketing.

“Na empresa, já passei por dois cargos, inicialmente Assistente de Atendimento e hoje como Social Media. Basicamente, lido diariamente com as redes sociais dos nossos clientes (realizando interação, programações, criação de textos, matérias…), que são os mais diversos possíveis (médicos, clínicas, lojas, cervejarias…), o que demanda muita pesquisa”, .

O atual cargo exercido por Michele é novo no campo profissional da comunicação e, às vezes, pouco relacionado com a atuação de jornalistas. No entanto, ela defende que “a atividade de social media é uma das atividades com mais afinidade com o nosso curso. Tudo o que aprendi durante a graduação em jornalismo, posso colocar em prática da mesma forma, só que através das redes sociais”.

A jornalista ainda deixa um recado para os iniciantes do curso: “Não é uma jornada fácil, o ambiente jornalístico é um mercado desvalorizado. Mas se é o que você quer, busque ser o melhor, especialize-se, aproveite todos os trabalhos da faculdade. Apareça! Deixe seu legado”.

Perguntada sobre os seus próximos passos na comunicação, a jornalista mostra-se determinada: “Minhas ambições são de continuar adquirindo experiência na área, por meio de uma pós-graduação, e prosseguir tentando a área de TV, que é e sempre foi meu sonho”.

Michele Carvalho, estamos na torcida para que todos os seus objetivos se tornem realidade!

Texto: Arthur Raposo Gomes

Fotos: Arquivo pessoal

 

 

Texto: Arthur Raposo Gomes

Fotos: Arquivo pessoal

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: