Por onde anda Ana Cláudia Lima?

14281409_1090677247689067_174080308_nQuantos graduandos de jornalismo já pensaram em seguir uma carreira acadêmica? Muitos. O mestrado atrai os olhos dos recém formados e dessa atração surgem pesquisas e contribuições acadêmicas que fazem valer a pena. Ana Cláudia Lima é uma, dessa gama de estudantes, que foram trilhando os passos dos seus mentores.

Aos 24 anos, recém formada em Comunicação Social, Ana Cláudia entrou em um mestrado pioneiro na América Latina. Conhecendo o curso pelo site da UFSJ, a jornalista se apaixonou  assim que viu o tema do programa PIPAUS (Programa Interdepartamental de Pós-graduação Interdisciplinar em Artes, Urbanidades e Sustentabilidade). Pensar em unir  jornalismo e sustentabilidade; criar um diálogo entre artes, urbanidade e o desenvolvimento sustentável foi o que mais a envolveu na escolha do tema de mestrado. Seu projeto de pesquisa é sobre o papel da educomunicação na aldeia global que une a concepção de Paulo Freire e Marshall McLuhan.

Segundo Ana Cláudia, o programa possui um caráter ativista, em que ela poderá aplicar na sociedade os conceitos aprendidos em sala: “Pretendo estabelecer através da educomunicação, um ambiente que une a sustentabilidade e as urbanidades com um eixo sólido nas artes, isto em conjunto com as crianças e adolescentes de São João del Rei”.

O mestrado está sendo uma experiência única na vida da ex-aluna de jornalismo. A interdisciplinaridade proposta pelo programa está presente a todo momento no curso, as aulas são ministradas por professores de áreas diferentes.Dentre eles, representando o curso de jornalismo, estão o professor Paulo Caetano e a professora Filomena Bomfin, sendo esta a orientadora de Ana.

14281500_1090677537689038_1975506598_n

Por ser um curso novo na área, Ana Cláudia comenta sobre suas primeiras impressões: “Apesar de ser um programa de pós graduação, não tem aquele clima chato de rigidez e até mesmo de competição que vemos nos meios acadêmicos, sabe?” E acrescenta,  ” Acho que isso é o que mais estou gostando”.

A mestranda recomenda o curso para todos independente da área, mas principalmente para os graduandos de Comunicação Social. Ela diz que esse mestrado tem muitas relações com o jornalismo em si e que é uma ótima oportunidade para aqueles que, assim como ela, se encantam pelo lado sustentável. O curso dura dois anos e para mais informações é só acessar o portal do programa no site da UFSJ.

Texto: Beatriz Estima

Revisão: Julia Benatti

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: