Mais do que mil palavras

Foto síntese - debate

Foto: João Valadares

Uma imagem tomou conta das redes sociais após as manifestações do último domingo, 13. No quadro registrado pelo fotojornalista João Valadares, do Correio Braziliense, uma empregada negra e uniformizada empurra o carrinho de bebês de seus patrões brancos vestindo as cores verde e amarelo que são o uniforme dos manifestantes pró-impeachment.

Nesta terça-feira, 15, os alunos do curso de Jornalismo participaram de um debate promovido em parceria entre a Coordenadoria e o Centro Acadêmico, com a proposta de refletir sobre esta imagem e suas repercussões, além dos pontos de vista sobre o atual momento político vivido pelo país e a influência que a mídia tem exercido neste cenário.

Para a professora de Linguagem Fotográfica e Fotojornalismo, Kátia Lombardi, a fotografia de João Valadares é uma imagem potente. Ela aponta como cruciais sua perspicácia e a sensibilidade na composição com elementos que lograram representar a atual conjuntura social do país. Kátia crê que o mais importante é que a imagem consiga trazer reflexões sobre essa realidade: “É o papel do fotojornalista chamar a atenção para os vestígios e traços de nosso cotidiano”, afirmou.

É, aliás, papel do jornalista chamar atenção para realidades injustas e de opressão que, por naturalizadas, são invisíveis até mesmo para os que são oprimidos. Angélica, a babá retratada na fotografia, em seu depoimento à imprensa, mostrou-se desconfortável com a exposição que sofreu, mas não criticou a situação que vivencia. Mesmo assim, afirmou, descrente quanto à situação do país: “Não sou eu que vou mudar essa questão”, sentenciando: “Infelizmente o Brasil é assim”.

Daqui a alguns anos, é provável que a imagem em que Angélica aparece seja ainda repetida em classes de Jornalismo ou em retrospectivas históricas simbolizando um momento do país em que a mídia teve participação vital. Esperemos que então mais Angélicas possam crer que, sim, essas questões podem mudar e que mudanças sociais legítimas são feitas por Angélicas, como ela. Nosso papel como jornalistas é nos mantermos críticos e criativos o bastante para contribuir.

Debate Jornalismo 15-03

Foto: João Pedro Justino

Texto: Dani da Gama

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: